skip to Main Content

Oi, amores de mamis! Tudo bem?!

Eu sou a Lani Queiroz, professora do curso de Pedagogia da Universidade Federal do Tocantins – UFT. Nasci em Gonçalves Dias, no Maranhão, e moro atualmente em Arraias, Tocantins. Também sou conhecida como a mamis das minhas princesas e príncipes… que são vocês!

Comecei a ter o hábito da leitura e escrita bem cedo, por volta dos 10 anos. Sempre fui apaixonada pela literatura, tanto que aos 13, já escrevia contos e pequenas narrativas quando os professores de redação deixavam o tema da atividade livre. A escrita de romances surgiu no final da adolescência, a partir das minhas leituras de livros de banca. Foi uma época de ricas experiências durante a educação básica, e a paixão pelos livros se intensificou com as atividades de leitura. Tive a sorte de ter professores memoráveis que me incentivaram a continuar a ler e escrever sempre.

Quando a hora chegou, escolher cursar Pedagogia não foi uma decisão natural, embora eu reconheça que sempre tive a docência em meu íntimo. Apesar de ter sido a minha única opção, nunca me arrependi de enveredar por esse caminho. Eu AMO ser professora, e para isso preciso me qualificar o tempo todo. Atualmente estou em processo de doutorado em Educação, Ciências e Matemática, pela Universidade Federal do Mato Grosso. Está sendo um período muito rico em discussões, metodologias de ensino e pesquisas sobre o contexto da educação.

Sempre associei a leitura e a escrita com algo bom, prazeroso. Cada um dos meus livros me fez feliz de alguma forma. Muitos de vocês me perguntam como as cenas hot surgem; elas surgem naturalmente, amores! Não sinto dificuldade, gosto mesmo de escrever cada momento, cada emoção e a entrega dos personagens. O meu processo criativo é bem louco! Costumo retirar inspiração de tudo! TU-DO mesmo! Por exemplo, a inspiração para a série Turbulência nasceu a partir de um voo atrasado que me deixou presa no aeroporto de Guarulhos. Com o tempo de sobra nasceu a companhia aérea fictícia, a HTL, e o primeiro livro: A Dívida.

Outra história interessante é sobre a inspiração da primeira série Príncipes Di Castellani. Ela surgiu da leitura de livros de banca, especialmente de uma autora que gosto muito, a Olívia Gates. Ela tem várias séries de príncipes árabes!! Como sempre gostei da temática, criei os meus príncipes, mas em uma ilha fictícia ao sul da Itália.

Como mencionei antes, escrevo desde muito pequena. Porém, o processo de libertação, de rompimento do medo de tornar público o meu trabalho foi beeem demorado. Foi só em 2014 que tive coragem de postar a minha primeira série erótica no Wattpad. A resposta do público foi impressionante e muito positiva!! De lá pra cá, não parei mais. Estou com vários projetos em andamento. Inclusive, penso muito em me aventurar pelo suspense, mas sem deixar a pegada erótica de lado, claro!! Foi esse gênero que me tornou conhecida entre vocês, amores da mamis!